O QUE É CBD

CBD é o nome de um composto encontrado na planta de cannabis. É um dos numerosos compostos encontrados na planta que se denominam canabinoides. Os pesquisadores têm analisado seus potenciais usos terapêuticos.Os óleos que contêm concentrações de CBD são conhecidos como óleo CBD, mas sua concentração e usos variam em diferentes óleos.

CBD É MACONHA?

Até recentemente, o composto mais conhecido em cannabis era o tetraidrocanabinol delta-9 (THC), que é o ingrediente mais ativo da maconha.
A maconha contém THC e CBD, mas os compostos têm efeitos diferentes.
O THC é bem conhecido pelo “barato” que altera a mente quando, dividido por calor, é introduzido no corpo (fumar o baseado ou comer biscoitinhos feitos com maconha).
O CBD não é psicoativo. Isso significa que não altera a mente ou humor, ou estado de espírito de quem o usa. No entanto, parece produzir mudanças significativas no corpo, e pode ter benefícios médicos.

A maior parte da CBD utilizada medicinalmente é encontrada na forma menos processada da planta de cannabis, conhecida como cânhamo.
O cânhamo e a maconha provêm da mesma planta, cannabis sativa, mas são muito diferentes.

COMO FUNCIONA:

Todos os canabinoides, incluindo o CBD, se ligam a certos receptores do corpo, para produzir seus efeitos.
O corpo humano produz certos canabinoides por conta própria e ainda tem dois receptores para os mesmos, chamados receptores CB1 e CB2.

EFEITOS POTENCIAIS NA SAÚDE

Por causa da forma como a CBD atua no corpo, seus usos potenciais são muitos: é tomado por via oral, esfregado na pele e às vezes, inalado através de vapor ou usado intravenosamente.

AJUDA A COMBATER O CÂNCER.

O cancro é uma doença dramática e altamente mortal. Segundo um estudo publicado em 2012, cerca de 14,1 milhões de pessoas são diagnosticadas com cancro, anualmente. No entanto, espera-se que esta incidência aumente para os 23,6 milhões de novos casos por ano, até 2030.
O CBD vem sendo estudado para uso como agente anticancerígeno.
Uma revisão postada no British Journal of Clinical Pharmacology observa que o CBD parece bloquear as células cancerosas de se espalharem pelo corpo (metástase), por suprimir o crescimento de tais células e até mesmo matá-las. Observaram ainda que o CDB pode ajudar no tratamento do câncer por causa de seus baixos níveis de toxicidade. Pedem que seja estudado junto com tratamentos padrão, para verificação de efeitos sinérgicos.

Um dos maiores efeitos anticancerígenos do canabidiol prende-se com o seu potencial anti-angiogénico. A angiogénese (formação de novos vasos sanguíneos) é um dos principais processos envolvidos no crescimento tumoral e na metastização. Desta forma, a inibição deste processo ajudará a impedir o crescimento do tumor e a evitar que ele metastize.

Outro processo fundamental para a formação de metástases é a invasão de tecidos localizados em órgãos distantes do tumor primário. Estudos realizados em ratos mostraram que o canabidiol e o THC reduzem o poder de invasão das células cancerígenas, o que nos permite afirmar que o canabidiol apresenta um duplo efeito antimetastático que pode ser altamente benéfico.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *